segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Bruxos e Bruxas

Sinopse: No meio da noite, os irmãos Allgood, Whit e Wisty, foram arrancados de sua casa, acusados de bruxaria e jogados em uma prisão. Milhares de outros jovens como eles também foram sequestrados, acusados e presos. Outros tantos estão desaparecidos. O destino destes jovens é desconhecido, mas assim é o mundo sob o regime da Nova Ordem, um governo opressor que acredita que todos os menores de dezoito anos são naturalmente suspeitos de conspiração. E o pior ainda está por vir, porque O Único Que É O Único não poupará esforços para acabar com a vida e a liberdade, com os livros e a música, com a arte e a magia, nem para extirpar tudo que tenha a ver com a vida de um adolescente normal. Caberá aos irmãos, Whit e Wisty, lutar contra esta terrível realidade que não está nada longe de nós.


Resenha: Durante toda a leitura tive a sensação de que a intenção dos autores era correr com a história, achei que podiam ter se aprofundado mais, os personagens soavam muito superficiais, inconsistentes. A trama em si tem furos que simplesmente não dá para ignorar, como por exemplo, a constituição de valores, uma nova sociedade, sem que ninguém percebesse o que está havendo ou os irmãos Allgood nunca terem demonstrado poderes até que são acusados de praticar magia.

Não consegui me apegar a nenhum personagem, não consegui me importar com eles. Os irmãos Allgood se admiram de uma maneira que para mim parecia apenas estranha e não demonstrava uma ligação entre eles, os capítulos são alternados em primeira pessoa, mas a personalidade dos dois parecia uma só. Um ponto que me irritou particularmente foram as piadas, não fizeram efeito para mim, tudo era bobo e só fazia os personagens soarem imaturos, o que não condizia com a situação.

Gosto de toda a ideia de uma conspiração, achei que seria bem interesante de ser abordado misturado com magia, mas tem que ter fundamento, o que certamente faltou para Bruxos e Bruxas, talvez pela falta de embate direto com o vilão (o que não é prejudicial, claro, se bem trabalhado). A editora fez uma incrível campanha de marketing, mas esse foi o livro que mais me decepcionou este ano. Esperava muito porque é um livro de James Patterson, um autor experiente no gênero policial, e talvez tenha sido essa mudança de estilo que o prejudicou.

video
O segundo livro, O Dom, já foi lançado aqui no Brasil, e tem como co-autor Ned Rust, quem sabe o problema tenha sido a anterior, Gabrielle Charbonnet (o que acho difícil porque eles já haviam trabalhado juntos em Sunday's At Tiffany), apesar disso não estou empolgada.

Notem que tento sugerir o que pode ter dado errado ao longo da resenha, porque era um livro que não deveria ser ruim, mas que infelizmente resultou em desapontamento.

17 comentários:

  1. O livro é exelente, quando vc repara os dois modos de visão, a narrativa dos personagens e o dialago, o livro se torna espetacular.

    ResponderExcluir
  2. Não consegui gostar nada do livro, nem os personagens, nem a escrita e nem a historia, pra mim não passou de um livro ruim que tinha tudo para ser fantástico, mas decepcionou e nos trouxe uma péssima historia. Respeito a opinião de todos que gostaram do livro, mas infelizmente não fui uma dessas pessoas.

    http://noticiadassagasbr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não tinha reparado nessas pequenas falhas do livro, mas agora com você dizendo vejo que tem razão. Achei uma leitura bem light, uma coisa que você não precisa pensar muito. Gostei da sua resenha demonstrou argumentos que conseguiram me convencer e mudar minha opinião. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Confesso que comprei o livro apenas pelo fato do escritor ser o James Patterson, já li muitos livros dele e nunca me desapontei, sempre foram historias de tirar o folego e que nos fazem ler até a ultima página. Porém com este livro não foi assim, esperava muito mais do livro, pois a historia em si é muito boa, mas o autor não deu o melhor dele neste livro. Fiquei desapontada.
    Adorei a sua crítica, Parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Sinceramente a sua resenha ficou muito boa, me fez refletir e pensar em mudar de ideia sobre o que eu achei do livro, meus parabéns, porém não concordo com o que você diz, eu gostei muito do livro, achei a trama bem envolvente, bem como os personagens, mas como outros comentários aqui citados, as duas formas, tanto a negativa quanto a positiva se aplicam facilmente ao livro.

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho a mesma opinião. Fiquei muito decepcionada com o que deparei ao começar ler. Li os dois livros em menos de 3 dias na esperança de ser surpreendida, mas a trama é ruim, não é crível, os personagens são mau construídos, o cenário não convence, etc. Enfim, eu peguei birra desse autor, vai demorar para ler algo dele... Preciso de um tempo para tentar superar a minha decepção literária.

    ResponderExcluir
  7. Sua resenha chamou minha atenção pra alguns pontos nesse livro que eu não tinha prestado atenção até então.Concordo com grande parte do que você disse,apesar de eu ter gostado das piadas e dos personagens.Eu não li ele com graaandes expectativas,deve ser por isso que eu gostei muito dele! Achei a história bem construída e estou muuuito ansiosa para ler O Dom.Amei teu blog,beijão!

    ResponderExcluir
  8. Olá, concordo plenamente com você quando o ator mudou de gênero ele realmente decepcionou muito,o livro tem muito a desejar pelos book trailers que eu vi parecia ser muito mas algumas coisas ainda assim conseguiram chamar minha atenção. Espero que em O Dom seja melhor que esse.
    Beijão

    ResponderExcluir
  9. Realmente minha expectativa era outra, embora o clichê de monstros, bruxos, criaturas misticas já esteja um pouco batido, gosta de me aventurar em pouco sobre o sobrenatural, irreal e lúdico!. Mas por outro lado acredito que serve como uma leitura juvenil para os iniciantes da leitura por ser algo que de certa forma prenda o leitor com a expectativa de como será o decorrer da história...e acredito que como vocês, também irei terminar essa saga de livros, pois raramente deixo uma historia pelo caminho

    ResponderExcluir
  10. Concordo em alguns pontos. Acho que o se esperou desse livro são todos aqueles clichês que se espera de um livro de bruxos. Mas acredito que todo o fundamento se dará por meio de um único livro que contará todo o começo e todas as parte que, a meu ver, ficaram sem explicação.

    ResponderExcluir
  11. Concordo com a maioria dos pontos apresentados, contudo, discordo do argumento em que os autores demonstraram interesse em "correr com a história", meu ponto de vista é que a intenção de Patterson era tornar a narrativa mais envolvente e dinâmica... devo admitir que ele só conseguiu alcançar um dos dois, dinamismo. O assunto bruxaria está em alta, com a terceira temporada de American Horror Story - Coven, o momento não poderia ser mais propício para o lançamento de estórias de bruxos e bruxas uns contra os outros. Notei falhas na narrativa e devido ao fato dos irmãos terem nomes parecidos, em algumas situações, eu tendia a imaginar uma garota, quando na verdade era o garoto e vice-versa...

    ResponderExcluir
  12. comecei a ler com uma mega expectativa... sabe quando o contexto te decepciona de uma forma.. mais dei uma chance e fiquei esperando q até o final algo mudasse mais outra decepção... e ainda pra finalizar " a história continua.."??.. wtf...

    ResponderExcluir
  13. Acho o livro uma verdadeira distopia,é exelente!.

    ResponderExcluir
  14. Os capítulos curtos e com ponto de vista alternados fez com que em certos pontos a história perdesse a continuidade fazendo com que eu me sentisse perdida no meio dos acontecimentos, o nome parecido dos personagens só aumentou a confusão.

    ResponderExcluir
  15. concordo em alguns pontos,mais nao achei o livro ruim nn,quando começei a ler num conseguia parar,me decepcionei um pouco pk esperava um pouco mais do livro...bju

    ResponderExcluir
  16. Adorei o livro gostei muito mesmo a unica coisa q achei totalmente fora do contexto foi q no final do primeiro livro fala q todos estao la e vao ser executados juntos e no começo do segundo livro ja e so a wist... so isso q n gostei muitomas fora isso e demais

    ResponderExcluir
  17. Eu gostei muito do livro, no começo eu desanimei com a história, más como livro é livro eu continuei a ler, e depois não parei mais, kkk. Estou louco para ler o segundo livro.

    ResponderExcluir

Fico muito feliz por você estar comentando, porém peço que seja sem palavrões, ofensas, ou assuntos que não tem haver com a postagem.
Obrigada! :)