quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

A Sabedoria do Condado


Sinopse: Um guia do Hobbit para a vida de milhões de fãs do J.R.R. Tolkien.
Smith mostra que uma toca-hobbit é, na verdade, um estado de espírito e como até as menores pessoas podem ter o valor de um Cavaleiro de Rohan. Ele explora assuntos importantes para os hobbits, como cerveja, comida e amizade, mas também assuntos mais sérios, como coragem, vida em harmonia com a natureza e bem versus mal. Como prazeres simples como jardinagem, longas caminhadas e refeições deliciosas com amigos podem fazer você significativamente mais feliz? Por que o ato de dar presentes no seu aniversário em vez de recebê-los é uma ideia tão revolucionária? E como podemos carregar nosso próprio “anel mágico” sem sermos devorados por ele?
A Sabedoria do Condado tem a resposta para essas perguntas.

Resenha: Não li a trilogia do Senhor dos Anéis, apenas assistir os filmes, não me xinguem, por favor!, por isso, já tinha uma leve noção do contexto que encontraria em A Sabedoria do Condado, mas o que me surpreendeu foi a paixão com qual Noble Smith escreve, ele cresceu enquanto a série estava em seu auge, logo foi muito influenciado.

Muitos pensam que A Sabedoria do Condado é um tipo de livro de autoajuda, mas, na verdade, são dicas (e não “passos”) para termos uma vida mais longa e feliz, como é dito na capa do livro. Algumas vezes, o autor nos conta pequenos fatos de sua vida para que possamos compreender com um exemplo real, creio que durante todo o livro ele tenta transmitir a tranquilidade dos Hobbits mesmo que em meio à adversidade. É curto, mas tem que ser lido com calma, para que possamos absorver seu conteúdo já que está cheio de referencias as obras de Tolkien.

A ideia de ficar rico é tão sedutora que pode levar as pessoas a fazerem coisas cada vez mais loucas para atingirem esse objetivo. Mas quando o objetivo é atingido, pode ser que o peso da riqueza seja grande demais para suportar, ou que nem valha o trabalho que deu para consegui-lo.

Pág. 69/70.


Como disse no começo, não li os livros, por isso, havia certas coisas que não conhecia, mas tenho certeza que A Sabedoria do Condado reflete as histórias de Tolkien muito bem, ou, pelo menos, os valores contidos nelas, recomendo para aqueles que já são fãs, pois não terão o mesmo problema de leitura.



11 comentários:

  1. Fernando Sathler Breder16 de janeiro de 2013 20:43

    Parabéns!!! Conseguiu fazer uma resenha excelente mostrando o lado prático do livro. Também não li a trilogia( so vi os filmes). Li somente O Hobbit, aliás, duas vezes, mas o estilo de vida deles foi muito bem ressaltado no livro. Fica a dica para uma introdução à vida hobbitiana! Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  2. eu amo esse livro, foi um dos meus favoritos de 2012 :)

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha...O livro é muito bom mesmo!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Dani.
    Essa questão de não ler a trilogia e assistir apenas os filmes é para fãs xarope. Sabemos que perdemos muitas coisas não lendo o livro, mais podemos ter uma ideia de como é pelos filmes e formar questões e resenhas assim mesmo. Eu sou fã de tolkien e seus livros como você deve ter percebido pelo skoob e que ira ver pelo meu blog. Mais sua resenha está perfeita sobre o livro A Sabedoria do Condado. Esse livro eu comprei e já li quase que no mesmo dia e é um dos poucos livros bons que aborda tolkien e suas criações. Existe outros livros como "Explorando o Universo Hobbit" que particularmente eu não gostei, mais cheguei ler até o final e agora estou no "O HOBBIT DE A a Z" que por sinal está sendo um ótimo livro de informações sobre os filmes do O HOBBIT.

    É isso Dani, meus parabéns pelo blog e continue assim.

    A.J.J.Marchi

    BLOG - http://ocondadodetolkien.blogspot.com.br

    FACEBOOK - https://www.facebook.com/ReliquiasEmCasa

    ResponderExcluir
  5. Essa resenha ficou ótima. Você mostrou realmente os pontos que o escritor define, a amizade ou seja uma vida plena... Parabéns...

    Visite meu blog:
    http://autoresnacionais-clube.blogspot.com.br/ e
    http://mylenaescritora.blogspot.com.br/

    Você gostaria de uma parceria?
    E-mail: myllen18@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Muito bem, vc mostrou mesmo como o autor se sentiu escrevendo a obra, eu particularmente adorei o livro, pois ele retrata muitas outras coisas que não são citadas nem nos livros nem nos filmes da Terra-média e mostra como realmente podemos mudar pequenas coisas do nosso dia-a-dia para que possamos viver como habbits

    ResponderExcluir
  7. A Sabedoria do Condado é um livro muito bom, Noble Smith escreveu um ótimo livro cheio de referências para quem é fã do Tolkien <3

    Adorei a resenha (:

    Beijo:*
    Naty.

    ResponderExcluir
  8. Olá, concordo com vc ao falar que o autor escreve de uma maneira tão apaixonada sobre a Terra Média que nos faz ter um maior apreço pelo livro. Outra coisa legal é que Noble Smith traz aspectos da sua vida e os relaciona ao mundo de Tolkien.

    Quando vi o tamanho do livro, pensei que fosse lê-lo super rápido, mas apesar das suas poucas páginas, é um livro que merece ser lido com calma para que possamos absorver o máximo possível de suas idéias. E reitero, não é de auto-ajuda, apesar de parecer, ou seja, pra quem não gosta do gênero, pode lê-lo com tranquilidade, pois vale a pena!

    ResponderExcluir
  9. Dani, recebi seu convite pelo Skoob e me senti muito bem recebida já logo de cara com a resenha desse livro maravilhoso. O livro faz mesmo muitas referências as obras de Tolkien e não só O senhor dos Anéis e o Hobbit como também Silmarillion. Eu confesso que só li até hoje 3 das obras de Tolkien e nessa pequena lista inclui o Hobbit. Livro maravilhoso e bem menos complexo que o Senhor dos Anéis, vale a pena ler. Gostei muito desse livro pois ele mostra detalhes que muitas vezes passa despercebidos pelo obra de Tolkien. PArabéns pela Resenha e pelo Blog. Bjs e Sucesso!

    Blog: http://www.meulivronabolsa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Dani!

    Tudo bem?

    O que dizer da Sabedoria do Condado? Foi uma grande surpresa ler esse livro, ele é fantástico e o Noble escreve com uma paixão incrível mesmo, e sabe o que é mais legal? Ele consegue passar essa paixão para o leitor.
    E foi isso que me fez ficar muito mais apaixonada por ele.

    Gosto muito da forma como ele traduz o universo de Tolkien!

    ótima resenha

    Beijos

    Ana Caroline
    Nosso Clube do Livro

    ResponderExcluir
  11. Ola, eu li todos os livros do Tolkien e posso dizer que o autor realmetne sente o mesmo que Tolkien sentia pelos Hobbits. Gostei do seu post sobre o livro e concordo quando diz que apesar se um livro pequeno tem que se ler aos poucos, eu fiz um esquema de leitura de 1 capitulo por noite antes de dormir... era como uma "calma" antes de cair no sono. Novamente adorei que tenha escrito sobre este livro, ja que as obras de Tolkien e outras que falam sobre não são muito valorizadas. Vale a pena querer ser ao menos que um pouquinho Hobbit... rs... abraços!

    ResponderExcluir

Fico muito feliz por você estar comentando, porém peço que seja sem palavrões, ofensas, ou assuntos que não tem haver com a postagem.
Obrigada! :)